Seu Negócio

Informações e dicas de especialistas e donos de estabelecimentos que contribuem para conquistar o sucesso do seu negócio.

Operação Covid-19

Dicas para enfrentar a alta do preço do arroz

Publicado em 06.10.2020

Enfrentando a Crise juntos

Operação Covid-19

O mercado brasileiro acabou surpreendido durante a pandemia do novo coronavírus com o crescimento nos preços de alguns produtos em todo o país, mas nenhum deles chamou mais a atenção do que o arroz. Em levantamento realizado pela Apas (Associação Paulista de Supermercados) em parceria com a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), o grão teve um crescimento de valor de 25,7% de janeiro a agosto deste ano no estado de São Paulo. Segundo o índice, essa foi a maior alta para o período desde 2008.

De acordo com a Apas, esse aumento se deve pela diminuição na colheita de arroz na Índia (um dos principais produtores mundiais) e o aumento da exportação brasileira do grão. Outros itens apresentaram aumento, como o leite (27,78% durante todo o ano), o óleo de soja (13%), o limão (37,16%) e o mamão (22,4%).

Para driblar esse problema, uma boa dica é pesquisar preços, comprar apenas o necessário, conversar com seu fornecedor para entender qual é o melhor momento de fazer um pedido maior, e evitar o desperdício deste ingrediente! Outra alternativa pode ser reformular alguns itens do seu menu utilizando ingredientes substitutos do arroz! Embora o arroz e o feijão sejam os queridinhos do dia a dia dos brasileiros, tenha em mente que outros pratos, como massas, batatas e legumes podem ajudar a equilibrar os sabores e oferecer novas soluções para este momento.

Coloque o planejamento na ponta do lápis, saiba muito bem quais pratos modificar e, se não foi possível abrir mão do arroz, negocie, pesquise os preços e se for o caso, pechinche.

Ingredientes e receitas para substituir o arroz:

Couve-flor
Arroz de Couve-Flor com Cogumelos
Massas
Macarrão alho e óleo
Minimacarrão com rúcula
Penne al limone
Farofas
Farofa de Banana
Legumes
Legumes assados da fazenda
Legumes salteados
Para saber as receitas de melhor custo-benefício, consulte os preços dos ingredientes na sua região.

Fonte: tese de mestrado “Gestão de Custos em Restaurantes – Utilização do Método ABC”, de Isabela Laginski Lippel, UFSC 2002